Juana

Então quando Carlos percebeu que a menina o olhava, seus neurônios entraram em êxtase e a

sinapse estava  feita. Enquanto a menina estonteava a alma de Carlos, que até o momento fora um

elétron livre à procura de uma órbita, outros jovens amavam-se entre o epitelial estratificados pavimentoso,

a quitina e cutículas ao som d'um blues vermelho-vivo. Ou ainda: entrelaçavam os dedinhos do pé, no

momento em que o plasma era bombardeado pela fecidade imunosolitária. Era tempo de amor.