Fora de órbita

um amor paralelo
que vive numa órbita solitária
que me faz querer você
na calmaria do tempo, por exemplo, agora.

um amor paralelo
que parece incansável e
instigado pela admiração alheia
de pensar, sentir, viver,
que me faz entender e querer
você.

um amor parelelo
não tão paralelo
quanto esta estória.